sexta-feira, 17 de abril de 2015

Musical: Zoró – Bichos Esquisitos – novo CD do Zeca Baleiro

Eu sou muito fã do Zeca Baleiro e descobri recentemente um trabalho incrível e único que ele fez para o público infantil. Além de músico, cantor e compositor, o artista também é pais de Vitória (16 anos) e Manuel (14 anos).

capa_zoro1

Foi a sua experiência como pai e o entendimento da importância da musicalização para as crianças que levaram Zeca Baleiro a desenvolver um trabalho com foco nos pequeninos (mas que agrada o ouvido de muito adulto).

O regionalismo típico do Zeca Baleiro está presente nesse seu trabalho em músicas como o “O Ornitorrinco”, “A Serpente que Queria Ser Pente”, a “Girafa Rastafári” a “Joaninha Dark”, “Maria Fedida” e o “Morcego Sanfoneiro”.

Cansou das mesmas cantigas infantis com arranjos diferentes que tem visto por ai? Então confere o trabalho do Zeca Baleiro no site www.zoro.art.br onde ele disponibiliza o áudio e o vídeo de suas músicas.

Eu amei e já virei fã!

quarta-feira, 15 de abril de 2015

1 Ano e 11 Meses – Minha filha vai fazer dois anos!

Hoje é um tipo de “mesversário” da Manuela. Falta exatamente um mês para que ela complete 2 anos de vida. Estou empolgada com os preparativos da festa, mas confesso que também estou sentindo o coração apertado, pois cada vez mais a minha bebezinha deixa de existir para dar lugar a uma criança.

IMG_1568

Eu juro que não faço o gênero saudosista, não fico olhando para o passado, amo o presente e tudo o que ele trás de aprendizado, mas é muito difícil entender que o tempo passou e que agora entramos no mundo novo da infância. Deve ser normal dar uma surtada nessa fase né? Eu espero que sim!

IMG_0242Nunca achei que fosse dizer isso, mas sinto falta de pegar minha filha pequenina no colo, de nina-la, de abrir os olhos anoite e de tê-la dormindo em seu carrinho do lado da minha cama. Dela molinha em meu colo para arrotar depois do leite, de suas roupinhas de bebê, de sua tentativa de pegar a outra mãozinha, de sua paz de bebê.

IMG_0489

Sinto falta da expectativa do primeiro sorriso, de vê-la aprender a rolar, sentar, engatinhar, andar e do primeiro momento em que ela disse mamãe, acho que nunca haverá momento tão emocionante como aquele.

Mentira! Sim, existem e existirão outros momentos lindos e inesquecíveis, a vida dela só está começando e se Deus permitir, teremos uma história incrível para escrever juntas. Relembrar é viver como diz a música, por isso vou tentar curtir ao máximo cada um dos momentos que passamos juntas e guardar na memória tudo o que couber.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Cuidados com a pele do bebê no inverno

Estamos no outono, mas o friozinho já começa a querer dar suas caras e logo mais chega o inverno, o tempo gelado, a roupas de frio e os banhos quentes. A Manu nasceu em maio, então toda a sua fase de recém nascida foi no frio de lascar.

IMG_0351

A pele do bebê sofre muito nessa estação, principalmente com o ressecamento e a dermatites atópicas, com vermelhões principalmente nas regiões das dobrinhas do bebê (pescoço, cotovelos, joelhos...).

A Manu vivia com umas manchas bem feinhas, já corri para a dermatologista algumas vezes e aprendi algumas coisas que ajudam a passar por essa estação do ano e evitar que nosso bebê sofra com o tempo frio e seco. Algumas dicas:

· Evitar banhos muito quentes e demorados. Como assim? Está frio! Sim, a água quente resseca ainda mais a pele do bebê. Use um daqueles aquecedores portáteis para deixar o ambiente mais aquecido.

· Evitar o uso de sabonetes antissépticos e esponjas. A dermatologista me recomendou usar sabonetes mais cremosos, porém só passar nas áreas das dobrinhas e genitais. O restante do corpo a gente passa a espuma excedente e só.

· Roupas 100% algodão. As malhas sintéticas, bordados, lãs e demais materiais podem causar alergia, por isso devemos sempre usar uma roupinha de algodão simples por baixo desses tecidos.

· Hidratante para bebês. A Manu era alérgica, então eu usava os do tipo hipoalergenicos. Bebês bem novinhos podem ter a pele muito seca e já precisar desse tipo de creme, converse com seu pediatra e veja quais produtos ele indica.

· Evite colocar muita roupa no seu bebê. Eu sei, como assim? Bom, a média é sempre colocar no bebê uma peça a mais do que o adulto está usando. O excesso de roupa faz o bebê suar e daí vem as alergias. Experiência de quem empacotava a coitada da filha...

terça-feira, 7 de abril de 2015

Parceria Glambox e Papo Maternidade – Um super desconto para você

Você é do tipo que adora experimentar um produto novo para o cabelo, ama maquiagem e curte cuidar da sua pele? Eu também, mas depois da maternidade eu confesso que deixei meu lado “menina” em uma gaveta por um período. É tanta coisa para pensar e resolver que não tinha tempo nem para passar um creme no corpo.

Foi nessa época que eu voltei a assinar a Glambox, um clube de assinatura que entrega todo mês em nossa casa uma caixa cheia de novidades com foco em beleza e estética. Foi praticamente um resgate do meu lado feminino, um lembrete em forma de caixinha “hey, além de mãe você também é uma mulher!”.

Além disso, depois de assinar a Glambox eu passei a economizar muito mais nas compras de produtos de beleza, pois agora testo antes de comprar, sei como meu cabelo ou pele irá reagir com determinada marca ou se aquele produto de maquiagem tem a qualidade que eu espero.

Olha uma das minhas Glambox  <3

IMG_1583

IMG_1585  IMG_1586IMG_1587  IMG_1589IMG_1590  IMG_1591

A Glambox e o Papo Maternidade fecharam uma SUPER parceria: as leitoras do blog terão 10% de desconto no primeiro mês de assinatura da caixinha mais amada do Brasil.

Clique aqui e acesso o link da promoção e escreva no campo CUPOM DE DESCONTO o nosso código Desconto Papo Maternidade e aproveite seu momento.

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Porque eu não vou dizer que o Papai Noel ou o Coelho da Páscoa existem

O título é polêmico, mas juro que tenho uma explicação para isso, mas antes de esse texto gerar algum ruído eu queria explicar algumas coisas:

1) Estou falando de uma opção pessoal, não estou criticando quem opta por essas pequenas “fábulas”.

2) Reforçando, não tenho nada contra quem gosta e incentiva os filhos a acreditarem nesses personagens fictícios, acho que tem tudo a ver com imaginação e criatividade.

3) Não acho que essas histórias fazem a data perder a importância real como alguns dizem.

IMG_5385

Bom, se você decidiu ler esse texto deve ter ficado curioso em entender porque uma pessoa não diria ao seu filho que personagens lúdicos e cheios de encanto existem. A resposta é simples: eu não sei mentir. Tenho imensa dificuldade na arte de não falar a verdade. Eu me enrolo, gaguejo, misturo as histórias e não me sinto feliz, mesmo que o motivo seja bom. Para não magoar alguém eu omito o que penso ou não conto algo que sei, mas não invento nada.

Daí a maternidade jogou na minha mão o Papai Noel, o Coelhinho da Páscoa, a Fada dos Dentes e por ai vai. Nos natais passados eu não levei a Manu para ver o Papai Noel, ela também não entendia muito, por isso não foi nenhum problema. Porém, agora perto dela completar dois anos de vida, eu percebi que tenho que tomar uma decisão, falar ou não que esses personagens existem.

Quebrei a cabeça, li sobre o assunto e resolvi seguir meu coração, tem autores que acham ótimo para formação da criança, outros que acham um trauma quando ela descobre que os pais mentiram para ela (não concordo) e por ai vai. Eu decidi por mim, eu não vou mentir, mas também quero que minha filha entenda o significado desses mitos e seja influenciada pela magia e alegria desses personagens.

Então, direi que o Papai Noel existe dentro de cada um de nós, quando damos um presente para alguém que amamos ou quando oferecemos algo para alguém que precisa. Vou falar que aquele moço de roupa vermelha está ali representando o amor, a caridade e a magia dos bons sentimentos. Espero que isso funcione rs...

Sobre a Páscoa vou dizer que o coelhinho representa os animais, a natureza e o amor de Deus. Vamos conversar sobre o que o coelho come, seus hábitos, onde vive e ele continuará sendo o símbolo lúdico da Páscoa. Vamos brincar de caça aos ovos e tudo mais, mas quero que ela entenda (dentro da minha fé) que Deus é o grande motivo da alegria daquele dia.

Sobre a Fada do Dente e outros personagens eu ainda não sei o que eu vou falar, tenho tempo para pensar em como não perder o encanto sem precisar das mentiras brancas nossas de cada dia.

Não sei se vou acertar com essa decisão, mas a maternidade é feita de escolhas e as consequências a gente vai medindo conforme o tempo for passando. Quero apenas ser sincera comigo mesma e oferecer para Manu o melhor de mim e esse melhor, não gosta e não é muito bom em inventar histórias.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Dicas de Presentes para criança de 2 anos

Uma das idades mais difíceis para se presentear é essa, os dois anos, o pequenino não é mais bebê e ainda não é criança. O complexo é que a maturidade é algo difícil de definir, cada criança é única e nessa idade já possui um gosto próprio. Por exemplo, a Manu ainda não se interessa por quebra-cabeças, já meu afilhado na idade dela amava. Em contrapartida, ela ama desde 1 ano e pouco brincar com miniaturas (aquelas que são do tamanho da mão) e meu afilhado começou a gostar depois dos dois anos.

Parece difícil né? E é! Antes de ser mãe então, eu ficava maluca. O que dar? O que eu posso oferecer para criança que ela poderá curtir? Eu confesso que só agora, com um bebê que logo fará dois anos é que consegui desvendar esse mistério. Também perdi a vergonha, ligo para um dos pais se estou na dúvida ou insegura e pergunto se a criança gosta do que estou pensando em dar.

Confira algumas dicas:

1. Livros

a. Escolha obras com pouco texto e imagens coloridas.

b. Histórias sobre a vida cotidiana também são uma ótima opção como escola, parquinho, rotina da casa entre outros.

c. Livros para ajudar. Muitas mamães estão entrando na fase do desfralde e existem histórias sobre esse tema para os pequenos. Além de outros assuntos como o nascimento de um irmãozinho, birra, tirar a chupeta...

fralda

d. Multimídia – as crianças adoram livros que fazem barulho, que possuem fantoches, dobraduras, imagens, enfim, livros que elas também possam interagir.

2. Roupas e acessórios

a. Qualquer tipo sempre é um ótimo presente, porém tente fazer a conta do tamanho que você está comprando versus a estação do ano que a criança irá usar para dar algo que ela realmente usa.

b. Calçados – as crianças ganham mais sapatos quando bebê, mas precisam muito mais quando são maiores.

c. Pijamas – sempre uma opção legal. Existem alguns que são divertidos como se fossem fantasias de princesas ou heróis, que brilham no escuro ou os básico que já são ótimos.

Pijama BRANCA

d. Roupas de praia ou piscina, roupões e demais acessórios.

3. Artigos para Colorir – apesar de ainda não terem total habilidade, as crianças amam pintar nessa idade. Existem materiais feitos exclusivamente para as mãos dos pequeninhos. Os livros de colorir já são utilizados também.

4. Brinquedos – aqui vale se desprender da máxima “brinquedos de menina e meninos”. Experimente dar um carrinho para uma menina ou uma cesta de frutas ou legumes de plástico para um menino, ambos vão se divertir. Algumas ideias:

a. Letras e Números para banho

b. Giz ou caneta  para desenhar em azulejo ou vidros

vidroc. Brinquedos dos personagens favoritos (não faz ideia dos personagens que a criançada gosta? No final do texto eu dou algumas sugestões).

d. Bonecas com acessórios grandes como chupeta, mamadeiras, fraldas, carrinho, berço ou qualquer coisa que imite o cuidado com um bebê.

baby alive

e. Triciclos ou bicicletinhas

f. Fantasias (a Manu não liga para nenhum personagem para usar a roupa, mas meu afilhado na idade dela amava o Monstros S.A.)

g. Miniaturas que caibam na mão dos pequenos (considere o risco do objeto ir a boca e pense em algo que tenha o tamanho da mão da criança)

litle people

h. Casinha de boneca, castelos, barcos, carros, trens...

i. Pelúcias Diferentes (personagens)

pelucia-homem-de-ferro-m-e3

j. Legos ou blocos de montar diferentes

k. Brinquedos para piscina

l. Jogos Educativos (esse é legal ser adequado a idade pois estimulará da forma correta a mente dos pequenos)

m. Casas para brincar (aquelas grandes que a criança já consegue entrar)

n. Tocas/Tendas

o. Objetos que imitem o dia a dia como mini posto de gasolina, mini cozinha, mini feira, comidinhas, pratos, talheres, varrosurinhas…

p. Animais e ou Dinossauros em miniatura.

Obs: Muitos dos brinquedos mais legais serão para crianças maiores, mas os pais é que devem avaliar se darão o brinquedo agora ou se vão esperar um pouco mais. Além de acompanhar a brincadeira para evitar riscos, não se preocupe.

Dicas de personagens:

- Dova Aventureira
- My Little Poney
- Mickey Mouse
- Pocoyo (algumas crianças curtem)
- Peppa Pig e sua família
- Doki
- Peixonauta
- Lalaloopsy
- Backyardigans
- Doutora Brinquedos
- Jack e os Piratas na Terra do Nunca
- Monstros SA
- Carros
- Procurando Nemo
- Heróis no geral
- Princesas no geral
- Turma da Mônica
- Thomas & Friends
- Toy Story
- Frozen
- Galinha Pintadinha (algumas crianças ainda curtem)
- Patati Patata (algumas crianças ainda curtem).

Ps: esses são só os que eu lembro, mas deve haver mais concerteza.