terça-feira, 31 de março de 2015

Cuidados com o uso do Repelente em bebês e crianças

Nos últimos meses os casos de dengue têm crescido absurdamente, principalmente no estado de São Paulo, aumentando a busca e a frequência do uso de repelente para picadas de insetos.

off kids

Entretanto, apesar desse cenário, precisamos ter muito cuidado com o uso indiscriminado desses produtos, pois a administração incorreta ao invés de ajudar, pode prejudicar a saúde da pele do seu filho.

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é o órgão brasileiro que regulamenta e estabelece as recomendações de uso dos repelentes em crianças, eles se baseiam  de acordo com a fórmula do produto, independente se estes são sintéticos ou naturais.

REPELENTE_JJ_BABY_100ML

Segundo o site da Sociedade Brasileira de Dermatologia, os princípios ativos dos repelentes recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) são:

  • Icaridina (KB3023): uso permitido no Brasil em crianças a partir de 2 anos de idade em concentração de 25% cujo período de proteção chega a 8 a 10 horas.
  • DEET: Em concentração de até 10% pode ser utilizado em maiores de 2 anos, sendo que não deve ser aplicado mais que 3 vezes ao dia em crianças de 2 a 12 anos.
  • IR 3535 30%: permitido pela Anvisa para crianças acima de 6 meses. Seu período de proteção conferido é de 4h.

Huggies-Repelente

Informações Importantes:

  • Repelentes naturais não são indicados pelo órgão como eficazes contra o mosquito da dengue, pois o efeito de curta duração não garante a proteção necessária, portanto eles sugerem que estes produtos sejam evitados se o objetivo for esse.

citronela

  • Bebês com até 6 meses não devem usar nenhum tipo de repelente, os pais devem recorrer ao uso de mosquiteiros e roupas protetoras. Também não é recomendada  nenhuma substância química como repelentes elétricos que contenham produtos químicos no ambiente onde se encontram. Você pode ainda instalar telas com mosquiteiro nas janelas e portas e deixar o ambiente refrigerado já que os mosquitos gostam de calor e umidade.

Dicas de uso do repelente

1) Vista roupas brancas nas crianças, roupas coloridas atraem os insetos, assim como perfumes.

2) Dispositivos ultrassônicos e os elétricos luminosos com luz azul são ineficazes.

3) Não use repelente junto com o filtro solar em situações que você vá reaplicar o produto com frequência, pois o repelente só pode ser usado no máximo três vezes ao dia.

exposis black

4) Não indicado que a criança durma com repelente no corpo.

5) Você pode utilizar repelente no rosto desde que coloque o composto na sua mão e depois passe delicadamente pelo rosto, evitando mucosas e olhos.

xô

6) Você só precisa passar o repente nas áreas que estão descobertas, não é necessário passar por baixo da roupa.

7) Só use produtos aprovados pelo Ministério da Saúde e/ou Anvisa, pois garantem que o produto seja eficaz e seguro.

Fonte: http://www.sbd.org.br/sociedade-brasileira-de-dermatologia-alerta-sobre-o-uso-de-repelentes-em-criancas/

Nenhum comentário:

Postar um comentário