quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Um Recado para as Mães de Meninos

Amigas, antes de tudo eu peço desculpa pela intromissão em suas vidas e garanto que não tenho a pretensão de dizer como vocês devem criar seus filhos, mas gostaria de dar algumas sugestões.

Sabe tudo aquilo que reclamamos que os papais não fazem? Trocar fralda, dar banho, fazer uma comida, dar comida, lavar uma roupa depois de uma fralda vazada, levar no pediatra, entre outros exemplos? Podemos mudar esse cenário ao ensinar nossos pequenos a serem pais desde pequenos.

Leo-Tati-Gustavo-1ano-62

Foto: Josi Guimarães – www.naminhalente.com

Vejo com frequência o menino sendo ensinado a ser “macho”, mas não percebo nenhum direcionamento para a paternidade, nenhuma dica, nada. Ensina-se masculinidade, esportes, fala-se sobre carros, mulheres, profissão e a responsabilidade de prover o lar, mas o cuidado prático com uma criança não é assunto da criação de um pequeno homem.

Parece que existe um tipo de verdade, a mulher cuida do filho e o homem paga as contas e enche a dispensa. Será que seria esse o resumo de uma família, cada um com a sua responsabilidade? Não, eu não acho que é por ai.

Para ensinar um pequenino a ser pai é preciso romper o paradigma de que existem funções que são da mãe e outras que são do pai. Todos são responsáveis por tudo!

Desde novas, as meninas são ensinadas a ajudar a mãe a limpar a casa, cuidar dos irmãos pequenos ou treinar a maternidade em suas bonecas. Já os meninos são cuidados por suas mães e irmãs, ajudam pouco ou nada dentro de casa e não tem nenhum direcionamento sobre o cuidado com um bebê.

Divida por igual às atividades da casa, meninos e meninas devem ter funções e responsabilidades similares. Se você tivesse uma filha menina ela ajudaria a lavar roupa? Então, ensine seu filho da mesma forma a ser independente, a se virar do limpar ao cozinhar. Não deixe esse preconceito bobo de que a casa é responsabilidade da mulher tomar conta da realidade do seu lar.

Caso você tenha uma empregada, deixe seu filho pelo menos responsável pelo próprio quarto e ensine a cuidar das suas coisas. No futuro ele será certamente um homem mais seguro e perceberá sua casa e filhos como sua responsabilidade.

Outro avanço é deixar os meninos brincarem de “papais” com bonecos ou bonecas, onde eles possam interpretar a vida prática e aprender que também são responsáveis por seus próprios filhos no futuro. Além de se divertir eles certamente levarão esse aprendizado para a vida toda. Só uma dica, ninguém vira gay porque brincou com uma boneca se esse for o seu receio.

Eu acredito de verdade que os papais de hoje atuam muito mais na casa que os do passado, mas ainda estamos longe de dividir o cuidado de um filho com eles. Por isso, mamães de meninos, vocês tem na mão a oportunidade de criar melhores pais para o futuro. Acho que mais que uma oportunidade é uma missão vital para a construção de uma sociedade de mais igualdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário