sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Quem tem coragem é quem vai com medo mesmo

Como muitos de vocês já sabem, me mudei recentemente para Vitória, no Espírito Santo. Saí de São Paulo, da falta de água, do carro no rodízio, da falta de tempo, para procurar uma vida mais tranquila, para criar a Alice em um lugar em que pudéssemos ter mais tempo com ela, e que esse tempo fosse de mais qualidade.

  

  

Uma coisa que me incomodava muito em SP, principalmente onde eu morava, era a falta de opções para sair a noite, depois do trabalho e da escola dela. Se eu quisesse fazer algum programa bacana com ela, tinha que correr para o shopping. Qualquer outra opção era longe ou perigosa, ou ainda longe E perigosa.

E quando os conhecidos e amigos me diziam (e ainda dizem aos montes) que sou muito corajosa para mudar minha vida assim, só consigo pensar que é preciso muito mais coragem para ficar em SP do que para sair dela.

É sério gente, não é querendo difamar a cidade que tão bem me acolheu por todos esses anos, mas hoje SP já não tem nenhuma vantagem para o que eu e minha família precisamos para ser feliz. Buscamos então um outro lugar, que atendesse às nossas expectativas e que pudéssemos encarar como nosso lugar no mundo. Por hora, encontramos esse lugar em Vitória, e estamos amando o que a cidade tem nos oferecido.

E para quem me acha corajosa, sou mesmo! Porque afinal, quem tem coragem não é quem não tem medo, porque medo todo mundo tem. Quem tem coragem é quem vai com medo mesmo. E é esse exemplo que quero que minha filha tenha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário