quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Ajude seu filho a ser independente

Ouço de muitas amigas e conhecidas, até mesmo das que têm filhos, que a Alice é muito esperta, muito independente. “Nossa, ela já faz isso sozinha?” é algo que escuto muito, e claro, abro o sorrisão de orgulho. Alice não é nenhuma super dotada, não me parece estar acima da média, e a única diferença grande que vejo é que aqui em casa deixamos ela fazer. Fazer quase tudo.

Alice-2anos-festa-83

Um erro comum dos pais, principalmente dos de primeira viagem, é não acreditar na capacidade dos filhos. Eles dizem: “Ah, mas ele ainda é pequeno para isso”, “Ah, isso ele não consegue”, “ele ainda é muito bebê”. Aqui em casa temos por hábito deixar a Alice se virar, orientar e ensinar tudo o que ela mostra interesse, e assim vemos que ela se desenvolve muito bem, muito rápido, e é cada vez mais independente.

Abaixo, uma lista de atividades que seus bebês entre 1 e 2 anos podem fazer sozinhos e que só têm a ajudar no seu desenvolvimento:

- calçar o chinelo, sandália ou o tênis sozinho. Mesmo que ele erre o lado algumas vezes, é só orientar que está trocado, esperar que ele mesmo arrume e deixar com que faça sozinho das próximas vezes.

- comer. O post de ontem foi especialmente sobre isso, e para mim a criança tem sim que comer sozinha desde cedo. Leia na íntegra aqui.

- recolher os brinquedos. Aqui em casa sempre foi regra: Alice tem que recolher todos os brinquedos quando termina a brincadeira. O resultado é que ela é extremamente organizada (muito mais que eu, inclusive), e seu quarto está sempre arrumado.

- escolher o que vai assistir nos momentos de TV. Não é que ela escolha entre qualquer coisa e assiste o que quer. Na verdade damos sempre algumas opções para ela escolher entre as nossas previamente escolhidas. Coloco, por exemplo, no Netflix e digo: hoje você quer ver Dora Aventureira ou Doutora Brinquedos? Dar à criança a chance de escolher entre as opções selecionadas por você faz com que ela se sinta responsável pela escolha, que se sinta independente e capaz. É um excelente exercício.

- se vestir. Ainda não deu certo, mas incentivamos sempre as tentativas por aqui. Ela coloca a jaqueta com a abertura para trás, as duas pernas na mesma abertura do short, coloca a camiseta na cabeça e erra os braços… Mas sabemos que logo logo ela consegue.

- manipular seus livros. Durante um tempo deixávamos todos os livros no alto, com medo de ela destruir. Mas de alguns meses para cá comecei a perceber que ela quer “ler” a qualquer hora, que pode estar no quarto, pegar um livro e brincar. Entao pegamos os livros mais resistentes e deixamos onde ela alcança, e agora ela mesma pode pegar e ler na hora que quiser. Foi um sucesso de decisão. Hoje mesmo a chamei para tomar café e ela respondeu: “Só um poquinho, to leno o livo”.

- escovar os dentes. Quando começamos a escovar os dentes da Alice ela adorava, depois enjoou e começou a causar. A saída foi dar a escova na mão dela e deixá-la escovar sozinha. É claro que ela não faz isso direito, mas tenta e se esforça. Escova o fundo, a frente, o sorriso, a língua. Quando ela acaba, o papai ajuda e escolva novamente.

- colocar a roupa suja no cesto. Alice adora a tividade, vai toda feliz com sua roupa suja nos braços e joga direitinho dentro do cesto. E na hora que vou lavar ela ainda me ajuda a separar as roupas por cores.

- soltar bolinhas de sabão. Sim, parece bobagem, mas no dia do aniversário dela ela queria muito brincar com as bolinhas, e eu estava morrendo de medo de ela não conseguir e beber a água com sabão. No fim expliquei como fazia e desencanei. E logo logo a pequena soltava muitas bolinhas.

Alice-2anos-festa-145

Hoje mamães e papais, a dica é: deixem seus filhos fazerem tudo sozinhos. Estejam por perto para ensinar, orientar e ajudar, mas deixem que eles fiquem livres para tentar. O resultado será surpreendente, podem apostar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário