quinta-feira, 9 de outubro de 2014

A importância da leitura como hábito

falamos aqui anteriormente sobre quando começar a ler para seu filho, e demos algumas dicas para colocar a leitura como parte da rotina do sono da criança. Entretanto percebemos que esse hábito ainda nào é tão usual nas casas das famílias brasileiras, e que há um certo acordo de que a leitura é um hábito a ser adquirido somente em torno da escola, na idade escolar.

Ledo engano. Segundo Viviane Flores, gerente educacional da Editora FTD, as práticas escolares levam à exigência da leitura em situações de dependência: ler para aprender, ler para localizar uma informação, ler para conhecer uma definição, ler para ligar um tema a um conteúdo ou um objetivo didático. Na escola, dificilmente vemos a preocupação inicial de ler pelo prazer da descoberta, do pensamento criativo, do encantamento.

Os ganhos a partir de um leitor literário completo são infinitamente maiores, porque não trazem essa carga de responsabilidade apenas às práticas exigidas pelo professor.  “Mobilizando a riqueza da leitura, todos os componentes dessa prática criam possibilidades de uma comunicação com o mundo muito enriquecida. O repertório de um leitor apaixonado traz elementos criativos conquistados no contato com personagens, cenários e tramas que ligam o seu dia a dia com um sentido mais amplo”, completa Viviane.

É notória que a capacidade de argumentação, a criatividade, a facilidade para se sair bem de situações inusitadas de crianças que têm a leitura como hábito adquirido desde cedo, e não somente como obrigação escolar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário