quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Festa - Calculando os comes e bebes da festa

Saber o quanto servir de cada coisa é sempre um drama no planejamento das festas. Mas olha, não tem segredo maior do que conhecer os seus convidados. Já errei muito, já sobrou coisa que daria para mais 3 festas, mas aos poucos estou aprendendo a calcular e, principalmente, a conhecer meus convidados.

O primeiro passo é fazer uma lista de convidados. Não tem como calcular nada sem saber quantas pessoas estarão presentes. Costumo fazer a lista em Excel, e divido em várias colunas. Tem lá: ADULTOS; CRIANÇAS MENORES DE 6 ANOS; ADULTOS QUE BEBEM. Dessa forma eu consigo planejar exatamente o que ter e em qual quantidade.

A cerveja, por exemplo, compro somente usando os adultos que bebem como referência, 4 latas de cerveja por pessoa, ou 2 garrafas. Parece pouco, mas sempre vai ter aquele tio que não poderá ir, aquele amigo que está tomando antibiótico e hoje não vai beber, e aquela amiga que começou a dieta e está evitando o álcool. Confie em mim, se você calcular mais do que isso, vai sobrar. O que acontece algumas vezes aqui em casa é a gente estender a festa com os amigos mais chegados, e aí acaba indo mais cerveja. Se seus amigos são agitados como os meus, tenha 2 caixinhas de cerveja guardadas em casa, e se você ver que um deles puxou o violão e a festa vai se estender, corre para colocá-las no freezer.

Para refrigerantes o ideal é calcular 600 ml por pessoa. Se você servir suco natural e água, pode mudar para 400 ml de refri por pessoa, e acrescentar 200 ml de água e/ou suco. Se o suco estiver disponível em suqueiras, acaba rapidinho, então pode calcular um pouco mais, cerca de 300 ml por pessoa. Para uma festa com 30 pessoas, por exemplo, 9 caixinhas de suco está de bom tamanho. Deixar garrifinhas individuais de água disponíveis também é uma boa sacada, e ainda ajuda na decoração. O ideal é uma por pessoa. Nessa conta não precisa incluir quem bebe cerveja. Mesmo que a pessoa beba outros líquidos, já está na conta.

Para os salgadinhos, se forem no estilo coquetel, que você coloca inteiro na boca, o ideal é 10 unidades por adulto. Crianças comem muito pouco desses salgados e sou forte defensora de ser ter um cardápio especial para elas, com lanchinhos recheados e pães de queijo, por exemplo. Se os salgados forem maiores, do tipo que se come com 2 mordidas, 6 por pessoa está de bom tamanho. Se for servir lanchinhos como carne louca, hot dog e mini hambúrguer, a conta é de 3 por pessoa, ao todo (não é 3 de cada).

Uma coisa que sempre faço é deixar disponível pelo salão vários tipos de snacks, como bolinhas de amendoim, biscoitos de polvilho, torradinhas e batatinhas chips. Dessa forma os convidados podem ficar para lá e para cá e não deixar de comer.

Para os doces, se forem pequenos, como os brigadeiros da vovó, o ideal é 4 por pessoa. Se forem doces de copinho ou brigadeiros gourmet, que se come com duas mordidas, pode calcular somente 2,5 por pessoa. Você pode também já pensar em dar os docinhos como lembrancinha, e fazer alguns a mais para colocar em uma marmitinha simpática para os convidados levarem para casa.

Para o bolo toda boleira indica 100g por pessoa. Cai nessa na última festa e me dei muito mal. Eu tinha 90 convidados adultos, comprei 8 quilos de bolo (já comprei menos) e sobrou ao menos 5 quilos. Juro! Acontece que contratei um buffet de crepes para a festa, e na hora dos parabéns eles começaram a servir crepes doces com sorvete. Foi o maior sucesso, mas o bolo ficou totalmente de escanteio. Se você vai servir algum tipo de doce como sobremesa que não seja o bolo, então pode cortar a quantidade dele pela metade. Para esse ano já pedi o bolo com apenas 4 quilos.

Espero que as dicas acima ajudem vocês a calcular os comes e bebes da festa. Se tiverem alguma dúvida, ou precisarem de mais alguma ajuda, é só pedir!

Nenhum comentário:

Postar um comentário