terça-feira, 24 de junho de 2014

Concha e Sutiã de Amamentação - seus próximos parceiros

Quando eu estava com seis meses de gravidez o meu GO me deu a seguinte dica: “dos sete meses em diante o bebê pode nascer a qualquer momento, por isso é muito importante que você já comece a adiantar tudo o que precisa agora”.

Foi nessa época que viajei para fazer o enxoval da Manu. Mas ainda havia muita pendência que não resolvi na viagem e como o universo da maternidade sempre foi meio misterioso para mim, lá fui eu perguntar “prazamiga” o que eu precisava comprar. Os primeiros itens que me indicaram formam a dupla: sutiã de amamentação e concha.



Para falarmos da concha, você primeiro precisa identificar, qual o tipo de mamilo que você tem:

Normal ou protruso



Na gravidez, fica com bico proeminente e rígido quando estimulado. Se for muito largo, o bebê pode fazer a pega de maneira errada, sugando apenas o mamilo – o que pode causar fissuras. Caso isso aconteça, vale dar de mamar em mais de uma posição, para evitar que a criança toque a fissura toda vez, ou ordenhar o leite e oferecê-lo em um copinho.

Plano



Não é nem “para fora” nem “para dentro”. Se for o seu tipo, use conchas preparatórias para formar o bico desde a gestação. Ou, antes de amamentar, “pince” a aréola com os dedos. As duas coisas vão ajudar a formar um mamilo. Atenção: se a mama estiver muito cheia, ela parece plana. Ordenhe um pouco o leite que o mamilo “aparece”.

Invertido ou pseudoinvertido



Também chamado de umbilicado, é voltado para dentro. O bico pode ser “extraído” aos poucos com as mesmas técnicas usadas no caso dos planos. É o que gera mais obstáculos para amamentar, já que o leite não sai com facilidade. O pseudoinvertido tem a mesma aparência. Mas ao ser estimulado, fica proeminente e, assim, o bebê mama sem problemas.


CONCHA



Benefícios:

• Os modelos apropriados ajudam a corrigir um mamilo invertido ou plano
• Auxilia na prevenção do contato do mamilo rachado/fissurado na roupa, dando mais tempo para cicatrização
• Protege o mamilo normal ou saudável
• Coleta o leite materno que vaza

A concha é objeto de plástico, formado por duas partes redondas que a gente usa por baixo do sutiã. Existem vários modelos, com utilidades diversas e que podem ser usados na gravidez e no pós-parto.



ps: eu usei essa da Avent

Quais os tipos de conchas?

BASE RÍGIDA – melhor para correção de bico.
BASE FLEXÍVEL – melhor para coletar leite e proteger seios rachados.
ORIFÍCIO GRANDE – se o orifício é muito grande, não corrige o bico, apenas protege a mama e coleta leite.
ORIFÍCIO PEQUENO – quando o orifício é muito pequeno, pode ferir e machucar.

A concha deve ser transparente, com furinhos para ventilação e o furo para colocar o mamilo não pode ser muito pequeno a ponto de apertar o bico, pois pode ferir.

Precisa higienizar sempre, descartar com frequência o leite que vazar e lavar com sabão neutro e esterelizar uma vez ao dia. Você pode usar durante o dia o quanto quiser, fazendo pausas, mas não é legal dormir com elas, pois podem machucar.

Para quem tem o mamilo normal, a concha só se a pessoa tem bastante leite, caso contrário, os absorventes de seio são o suficiente. Mas como não dá para adivinhar se você vai ter muito leite ou não, é melhor já ter na mão esse acessório.

Eu não tive muito leite, acabei usando depois de um tempo mais os absorventes de seio. Eu gostei muito desse da Lansinoh:



Além das conchas, há dois acessórios úteis para quem tem bico plano ou invertido:

Corretor de mamilo: funciona como uma bomba que “suga” o mamilo. Pode ser usado todos os dias por baixo do sutiã, por até duas horas.

Bicos de silicone: deve ser usado durante a amamentação, caso os seios tenham fissuras dolorida sou o bebê não consiga sugar. Mas eles devem ser sua última alternativa, uma vez que a criança pode confundir os bicos e recusar o da mãe depois.


SUTIÃ DE AMAMENTAÇÃO



Essa peça vai mudar um pouco sua maneira de vestir, pois tem alças mais grossas para dar mais suporte a mama que esta mais pesada e um formato maior de bojo. Dessa forma, para quem não gosta de mostrar a alça ou o próprio sutiã, vale fugir das blusinhas de alcinha e dos decotes.

É legal ter no mínimo três sutiãs, para poder fazer o rodízio enquanto um lava e o outro seca e por ai vai.

Muito provavelmente o seu número de sutiã vai mudar durante a gravidez. Eu usava 42 e lá pelos cinco meses estava usando 44. Acabei comprando sutiãs maiores comuns, porém depois que tive bebê e fui recuperando o meu peso, voltei para o 42.

Por isso, se eu pudesse dar uma sugestão, eu diria que se você sentiu que seu número aumentou, compre os sutiãs de amamentação e comece a usá-los. Aguarde o pós-parto e sua perda de peso para confirmar se aumentou ou não o tamanho da sua mama e ai sim, compre novos sutiãs se for necessário.

2 comentários:

  1. Oi Andressa, eu gostei muito da sua postagem! São tantas marcas e tantos detalhes que a gente quase fica doida. rs. Você conseguiu resumir bem e cobriu todos os detalhes mais importantes para uma boa escolha de concha de amamentação. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Amiga, adorei as dicas dos sutiãs! Vou seguir direitinho. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir